CRH

Blog

Teste genético de avaliação do risco para falhas de implantação embrionária em FIV/ICSI

#Infertilidade #falhas de implantação #fertilização in vitro #ICSI

A importância da avaliação genética do casal infértil

 

Característica genética diminui em até 8 vezes as chances da mulher engravidar

 
Apesar do aperfeiçoamento das técnicas de reprodução assistida e suas altas taxas de gravidez, os resultados dependem de vários fatores e o sucesso na fertilização in vitro não é garantido. Muitas vezes o procedimento não resulta em gravidez devido a falhas no processo de implantação dos embriões.

Agora, uma pesquisa recém-publicada na revista Fertility and Sterility® identifica um componente genético em um grupo específico de casais inférteis que apresentam repetidos insucessos após tratamento de fertilização “in vitro” (FIV).
 

O estudo realizado pela nossa equipe descobriu características genéticas específicas em um grupo de pacientes que tiveram três ou mais falhas no tratamento de fertilização in vitro. Nas amostras colhidas do sangue periférico dessas mulheres, foi identificada a presença de dois polimorfismos nos genes denominados ESR1 (Estrogen Receptor 1 rs12199722) e o LIF (Leukemia Inhibitory Factor rs929271). Essa associação de polimorfismos não ocorreu de forma significativa nos outros dois grupos controle utilizados na pesquisa, que foram nas pacientes que engravidaram logo na primeira tentativa de FIV e também em mulheres que tiveram ao menos 2 filhos sem nenhum tratamento para engravidar.


A Dra Laura Vagnini, que encabeçou a pesquisa no CPDP, explica que fatores genéticos combinados ou sozinhos podem afetar o processo de implantação, fazendo com que o embrião não consiga estabelecer as conexões com o útero materno. Ela conta que a ideia básica é aumentar a chance de obter um diagnóstico correto das falhas de implantação e fracasso dos tratamentos de reprodução assistida. "Queremos usar a presença dessa característica específica no DNA das mulheres para fazer uma melhor análise de risco para cada paciente, ajudando os médicos a tomar decisões assertivas e melhorando as chances de uma mulher engravidar," acrescentou a pesquisadora.

Para o Dr. José Goncalves Franco Junior, diretor científico do CRH, este estudo destaca a importância da avaliação genética como instrumento para previsão do resultado da fertilização in vitro.
 

 

#genética #infertilidade #fertilização in vitro #falha de implantação

Assista o nosso vídeo comemorativo aos 30 anos do CRH Prof. Franco Junior.

Saiu o vídeo comemorativo aos 30 anos do Centro de Reprodução Humana Prof. Franco Junior.

#CRH30Anos #6MilBebêsNascidos #CRH Prof. Franco Junior

Saiba quais são os casais que se beneficiam com a inseminação artificial

Os casais que se beneficiam da inseminação artificial são os que apresentam alterações no muco cervical, infertilidade inexplicada e alterações leves no esperma. Para realizar a inseminação é necessário que a mulher possua pelo menos uma trompa saudável. 

A inseminação artificial é uma técnica de reprodução assistida que consiste na injeção de espermatozoides dentro do útero da mulher durante seu período fértil (quando ela está ovulando), proporcionando a união dos gametas para a formação do embrião.

O custo do tratamento de inseminação artificial é bem mais acessível que os tratamentos mais complexos, como a fertilização in vitro.

A inseminação artificial é uma técnica com índice de gravidez em torno de 15%. Essa taxa pode variar de acordo com a idade da mulher.

Para mais informações e esclarecimentos sobre está técnica, venha conversar conosco. Estamos ao seu inteiro dispor na Av. Prof. João Fiusa, 689, no Alto da Boa Vista, em Ribeirão Preto/SP. O telefone do Centro de Reprodução Humana Prof. Franco Junior é o (16) 3911 1100.

 

#inseminação artificial #fecundação #reprodução humana

Distúrbios da ovulação são causas comuns de infertilidade

cegonha com bebêDistúrbios ovulatórios correspondem a 30% da infertilidade feminina. Felizmente, cerca de 70% destes casos podem ser tratados com sucesso através da utilização dos medicamentos certos.
Se esse for o seu caso, procure logo um tratamento adequado. Cuide da sua fertilidade, prepare-se e aumente as chances de realizar o sonho de ter um bebê!

#distúrbios ovulatórios #infertilidade feminina #gravidez

Muito cuidado com as infecções sexualmente transmissíveis

InfecçãoInfecções sexualmente transmissíveis são muito comuns, curáveis e facilmente tratadas com antibióticos. Por isso, é recomendado realizar exame anual ou cada vez que tiver um novo parceiro.
Nos homens, estas alterações podem prejudicar a qualidade do sêmen. Nas mulheres, quando não tratadas, podem evoluir para os ovários e trompas, silenciosamente destruindo sua fertilidade.

#Infecções #doenças #fertilidade #ovários #trompas

Gravidez múltipla

GêmeosA gravidez de gêmeos ocorre em cerca de 20% dos tratamentos de reprodução assistida. Isso acontece porque as chances de gestação aumentam conforme o número de embriões que são transferidos para o útero da mulher. Para melhorar as chances de gravidez, normalmente, se transfere mais de um embrião.
A gravidez múltipla não é um objetivo do tratamento mas sim uma ocorrência frequente de previsão incerta.

##gêmeos #gravidezmúltipla

Novas regras do CFM: redução de custos, barriga solidária e esperança para as mulheres com baixa reserva ovariana.

  Foto ICSI

Veja como ficaram as normas, depois de novembro de 2017.

* está expressa a permissão para o uso da técnica em relacionamentos homoafetivos, respeitado o direito de objeção do médico.
* é permitida a seleção de embriões compatíveis com um filho para posterior transplante de células tronco ou órgãos.
* a idade limite para doação de gametas é de 35 anos para mulheres e 50 para homens.
* qualquer mulher jovem, com menos de 35 anos, pode ser doadora voluntária de óvulos. Essa mudança ampliou o acesso ao tratamento. 
* tias e primas também podem atuar como barriga solidária, desde que tenham até 50 anos.
* embriões criopreservados há mais de 3 anos podem ser descartados, se essa for a vontade dos pacientes.
* reconhecimento da possibilidade de preservar a fertilidade para as mulheres que desejam postergar a gravidez por questões pessoais ou profissionais, o que é um avanço inquestionável no que diz respeito às necessidades femininas.

 

#barriga solidária #doação de óvulos #preservação da fertilidade

Há 30 anos, realizamos o que você mais deseja... #CRH30Anos #6MilBebêsNascidos

#CRH30Anos #6MilBebêsNascidos

Visitinha da Rafaela :D

Rafaela

 

Essa família veio de Goiânia somente para nos visitar e trouxe muita alegria para toda a nossa equipe. Essa princesa linda é a Rafaela, um dos nossos 6 mil bebês nascidos.

#6MilBebês #CRH30Anos #RealizamosOQueVocêMaisDeseja

Quer engravidar? Pare de fumar e melhore suas chances

Cigarro

O cigarro está relacionado à queda da fertilidade, tanto nos homens como nas mulheres. Segundo pesquisas, a fecundidade e a taxa de sucesso nos tratamentos de reprodução assistida são menores em fumantes que não fumantes.
O cigarro contem agentes que podem agir diretamente nas células germinativas, além de diminuir os níveis sanguíneo e espermático de antioxidantes e interferir na divisão meiótica. O fumo acelera a falência ovariana, adiantando de 1 a 4 anos a menopausa, diminui a duração dos ciclos menstruais e afeta diretamente os espermatozoides por alterações no DNA.

#Fumo #FalênciaOvariana #Fertilidade #ReproduçãoAssistida

30% a 50% de mulheres com endometriose são inférteis

Mulher com endometriose

A endometriose afeta mais de seis milhões de mulheres só no Brasil. Estudos clínicos sugerem que 25% a 50% das mulheres inférteis têm endometriose e que 30% a 50% de mulheres com endometriose são inférteis. A verdadeira prevalência de endometriose é difícil de quantificar pois faixas muito amplas têm sido relatadas na literatura. O tratamento clínico medicamentoso complementar é uma alternativa que deve ser avaliada caso a caso. A videolaparoscopia, em alguns casos, ajuda na cauterização e ressecção dos focos.
Na maioria dos casos, mulheres com endometriose severa precisam recorrer a fertilização in vitro para obter uma gravidez. Pesquisas com a fertilização in vitro mostram que, mesmo nos casos de endometriose grave, as taxas de sucesso de gravidez são geralmente boas se a mulher é relativamente jovem (menos de 40 anos) e/ou se ela produz óvulos suficientes durante a estimulação ovariana.

#Endometriose #Infertilidade #FertilizaçãoInVitro

A vitrificação de óvulos permite que a mulher faça um estoque de seus óvulos antes de perder sua função ovariana

A vitrificação de óvulos…

Como as funções reprodutivas começam a diminuir a partir dos 35 anos, pode ficar tarde demais para ser mãe naturalmente. É por isso que muitas mulheres que sonham em constituir uma família e ainda não encontraram um parceiro ou têm outros projetos como prioritários na idade em que estão férteis, estão optando pelo congelamento de seus óvulos para terem um filho no futuro. A vitrificação de óvulos permite que a mulher faça um estoque de seus óvulos antes de perder sua função ovariana. Os óvulos vitrificados podem ficar guardados durante vários anos, sem o risco de “envelhecerem”, e só serão descongelados quando a mulher puder ou desejar engravidar.

#Vitrificação #óvulos

#CRH30Anos

Bernardo


Essa fofura é o Bernardo que veio lá de Uberaba com sua família para conhecer a nossa equipe. As nossas embriologistas Claudia Petersen e Ana Lucia Mauri Luchesi lembraram que era somente uma chance de gravidez pois o tratamento resultou num único óvulo. Desse óvulo, conseguimos um embrião. Resultado: 100% de acerto. Olha só a alegria das duas com ele nos braços. :D 

#CRH30Anos #6MilBebês

O CRH também tem instagram!

Acompanhe os nossos stories e fique por dentro do dia a dia da nossa clínica.

Sigam: @crhproffrancojr

Instagram CRH @crhproffrancojr

#CRH30Anos #Instagram #6MilBebês

Enquetes

Qual é o melhor destino
para os embriões congelados?

Participe

Pesquisa
para homens

Avalie seu conhecimento
sobre sua própria fertilidade

Participe

Cadastre seu e-mail e
receba as novidades do CRH: